Der König Der Dunkelheit (tradução)

Original


D (Japão)

Compositor: Não Disponível

Deixarei para tras meu trono e me dirigirei a batalha
Como prova de amor pelo meu povo,
Nunca me retirarei.
Imperador do escuro, meu corpo será meu próprio escudo

-Será que o sol ainda não se pôs?-
Em troca de uma morte distante.
-A lua e as estrelas-
Comigo resplandecendo
-Assim como o rei eu digo:"preciso de vocês"-
Beba meu sangue e viva.
-E um beijo a rosa-
Este é o principio da noite do despertar.

A poção da vida eterna arde em minha garganta como a areia,
Atacando a fera negra em meu interior.

Com meu reino desmoronando em frente aos meus olhos
Agora há apenas uma coisa que posso fazer.

-Advirto-
Nada pode me fazer dano.
-Cai-
Não existe indecisão alguma em meu ataque.
-Galantaria-
Deixemos que o sangue que bombeia em meu coração se torna uma rosa carmesim que nunca perderá seu orgulho...

Este gélido poder me aniquila
Como um cavalo com asas nas costas

Aqueles que impedem nossa marcha gritam a suas próprias sombras
Eles já não são mais o inimigo e,
Com a ponta de minha espada em frente ao seu rosto,
Dá sua palavra.

Deixarei para tras meu trono e me dirigirei a batalha como prova de amor ao meu povo,
Nunca me retirarei, eu sou o imperador da escuridão!

O rei das trevas
Esse nome sacudirá o mundo até o chão em um piscar de olhos.

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital